(Tempo de leitura: 4 minutos)

A procrastinação é um comportamento que tem como principal característica a protelação do ato, ou seja, o adiamento de tarefas cotidianas, domésticas ou profissionais. Muitas vezes, acabamos adiando nossos deveres no sentido de priorizar atividades, mas em certos casos a procrastinação ultrapassa os limites e se torna prejudicial. No âmbito profissional, adquirir o hábito de “empurrar com a barriga” suas tarefas pode trazer sérias consequências para o desempenho no trabalho e também interferir no lado psicológico do funcionário.

+ Home Office x Trabalho Remoto: nova realidade profissional

Estudos de psicologia relacionados com o tema apontam que a procrastinação de tarefas profissionais representa uma defesa psicológica que criamos para afastar sensações ruins ou relacionadas à ansiedade no trabalho. Ou seja, quando nos deparamos com tarefas chatas ou repetitivas, começamos a procrastinar com a intenção de evitar esse sentimento negativo.

E quais as consequências da procrastinação no meio profissional? Além da perda de oportunidades por causa da má organização do tempo e queda no rendimento, o hábito de procrastinar também pode trazer sensações de cansaço e piorar quadros de ansiedade, aumentando o risco de uma possível síndrome de burnout.

Ainda segundo as pesquisas, existem várias atitudes consideradas gatilhos para a procrastinação, tais como superestimar o tempo necessário para realização das tarefas ou acreditar que é preciso estar em um estado de espírito específico para iniciar o trabalho, costumes que muitas vezes levam ao acúmulo de tarefas não concluídas.

+ Por que ter uma agência de Marketing Digital para minha empresa?

Dicas para aumentar o foco e evitar a procrastinação

Confira a seguir algumas maneiras de aumentar sua produtividade no trabalho e manter suas tarefas em dia, evitando a procrastinação:

Melhore sua gestão do tempo

Antes de mais nada, controle sua gestão do tempo no trabalho: determine datas e horários para realizar as tarefas e se esforce para seguir o combinado. Não deixe de ser realista sobre os recursos e tempo necessário para o trabalho, pois muitas vezes achamos que o tempo é suficiente, quando, na verdade, não é. Outra boa dica para tornar o trabalho menos exaustivo é dividir a tarefa a ser realizada em pequenas etapas, cumprindo cada uma delas individualmente.

+ O melhor para o seu cliente: dicas de como mandar bem no atendimento

Desligue as notificações

Celular, e-mail, WhatsApp, redes sociais… quando for a hora de botar a mão na massa, é essencial desligar suas notificações ou silenciá-las, para não perder o foco com distrações supérfluas. Claro, em muitos casos não podemos simplesmente “desaparecer” e ficar incomunicáveis, mas é importante limitar o contato apenas para situações mais urgentes. Ou seja, não deixe de responder seus superiores enquanto trabalha, mas evite bater papo com os amigos e familiares enquanto estiver ocupado com as tarefas.

Esqueça o perfeccionismo

Ser perfeccionista demais pode alongar demais o tempo de execução de cada tarefa, o que com certeza irá levá-lo à procrastinação. Além de esperar o momento perfeito para iniciar a tarefa, o profissional também terá dificuldade para concluí-la, pois ao seu ver, o resultado nunca estará perfeito. Por isso, entenda que um bom trabalho e prazos cumpridos são mais que suficientes para manter um bom desempenho profissional.

+ 5 atitudes que podem estar impedindo a sua marca de crescer

Acompanhe seu progresso

Medir seu desempenho e comemorar suas pequenas vitórias é essencial para afastar o hábito da procrastinação e aumentar sua produtividade no trabalho, principalmente levando em consideração que a mudança virá de forma gradativa. Outra maneira de acompanhar seu progresso é pedir ajuda para um colega e torná-lo um “fiscal” do seu escopo de trabalho, para obter uma perspectiva real sobre a entrega de suas tarefas.

Técnica mindfulness aplicada no trabalho

Conhecida como mindfulness, a técnica da atenção plena proporciona benefícios incríveis no meio profissional utilizando exercícios específicos que mantêm o praticante 100% focado no presente. Além de aumentar o foco dos colaboradores, a prática constante da técnica mindfulness reduz o nível de estresse dos funcionários e diminui o absenteísmo, se tornando uma ferramenta excepcional para melhorar o desempenho da empresa como um todo.

+ Performance + Inbound Marketing: o sucesso para sua empresa

Para implementar o mindfulness no ambiente profissional, é possível contratar um instrutor profissional que compreenda a técnica e consiga guiar a prática entre os funcionários, para que eles adquiram o hábito com o passar do tempo. Além disso, é preciso proporcionar um ambiente e horários adequados para a prática, além de realizar acompanhamento dos resultados e manter o estímulo entre os colaboradores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Open chat
Fale pelo What'sApp