(Tempo de leitura: 2 minutos)

Você já ouviu falar em funil de vendas? Usamos o funil como base para criarmos conteúdo para os 3 estágios de compra: topo, meio e fundo de funil. No conteúdo para topo de funil temos um cliente que pode nem saber que tem um problema ou que sabe desse problema, mas ainda não entende como resolvê-lo, não faz ideia das opções que o mercado oferece para essa finalidade.

A forma de comprar mudou e continua mudando. Cada vez mais as pessoas recorrem à internet antes de fechar uma compra. Fazem diversas pesquisas, tentam entender conceitos que antes eram oferecidos apenas pelo vendedor da loja e analisam outros produtos ou serviços. Hoje, elas podem encontrar tudo o que precisam nos conteúdos online.

Para se consolidar no mercado e ganhar visibilidade e credibilidade a sua empresa também precisa oferecer esse tipo de conteúdo. Fizemos este post explicando tudo sobre o conteúdo topo de funil para lhe ajudar com seus artigos. Confira!

Para que serve o conteúdo topo de funil?

O primeiro passo dessa caminhada é entender porque a sua empresa precisa de um conteúdo assim. Um bom motivo é que ele costuma ser a porta de entrada para a sua empresa. É por meio dele que, pela primeira vez, uma pessoa passa a conhecer a seu negócio e sua marca, sabe da existência dela e o que ela oferece.

Na hora de fazer esse tipo de conteúdo, precisamos pensar naquela frase que diz “a primeira impressão é a que fica”. Por isso, ele é de extrema importância.

O conteúdo topo de funil também é aquele que educa o cliente a respeito de um determinado assunto. Por exemplo, ele pode ter feito uma pesquisa com termos relacionados a sinais e sintomas de alguma doença e encontrar um conteúdo de uma empresa (uma farmácia, por exemplo) explicando com maiores detalhes sobre essa patologia. Assim, você passa informação útil no momento em que aquela pessoa está precisando.

Como criar conteúdos deste tipo?

Agora que você já entendeu a importância destes conteúdos para sua empresa, confira algumas dicas de como criá-lo.

Seja claro e objetivo

Quando se trata de um conteúdo digital para o seu blog, você deve pensar que o tempo do leitor é escasso e seu dever é facilitar ao máximo a leitura. Por isso, dê preferência a escrever na ordem direta, faça listas rápidas e não dê muitas voltas para explicar algo.

Evite vender

O conteúdo topo de funil não é ainda o momento para falar do seu produto de forma muito específica. Lembre-se de que o leitor pode nem saber que tem o problema, então não faz muito sentido já falar de uma solução. Existem outros estágios do funil nos quais a solução da sua empresa poderá ser abordada.

Aposte em diversos formatos

Você pode criar conteúdo de topo para redes sociais, newsletters, eBooks, webinars e claro, para blogs. É interessante aproveitar os mais diversos formatos, afinal de contas, a sua persona pode preferir qualquer um deles. Você pode, inclusive, criar podcasts e usá-los como outra forma de distribuir conteúdo topo de funil.

Qual conteúdo a sua empresa produz? Ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Deixe nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>