(Tempo de leitura: 3 minutos)

Ter uma imagem que represente o conteúdo do seu blog é muito importante, especialmente para os mecanismos de ranqueamento do Google. Uma imagem destaque para o conteúdo é fundamental, mas é preciso ter muito cuidado quais imagens para blog escolher. Ela precisa dizer, de alguma forma, sobre o que será tratado no conteúdo, ela precisa ser aquele ditado quando diz “uma imagem vale mais do que mil palavras”.

Bom, provavelmente você já tem uma boa ideia do que colocar no seu conteúdo, mas sabe qual tipo de imagem para blog não colocar? É justamente para te oferecer esse alerta e evitar alguns erros que fizemos este conteúdo.

Veja abaixo quais são os tipos de imagens para blogs que você e a sua equipe precisam evitar na hora de postar o conteúdo.

Quais imagens para blog evitar?

Baixa definição

A qualidade da imagem diz muito sobre o seu conteúdo e, principalmente, sobre a sua empresa. Diz que ela se importa o suficiente com o leitor para que ele tenha a melhor experiência. Muitas pessoas sem experiência no assunto apenas pegam uma imagem e tentam ampliá-la para que fiquem de acordo com a dimensão exigida pela plataforma do blog. Esse é um grande erro e isso pode deixar o leitor bem chateado, fazendo com que ele não volte mais ao seu site.

Direitos autorais

Eis algo para se ter muito cuidado, especialmente se você usa imagens do Google. Na verdade, a maioria delas, possuem regras sobre direitos autorais e usá-las pode dar muita dor de cabeça, inclusive problemas na justiça. Mas calma, nem tudo está perdido. Você pode usar bancos de imagens gratuitos como:

  • Creative Commons;
  • Every Stock Photo;
  • Stock Vault;
  • Free Images;
  • Pixbay;
  • Morguefile;
  • Photoree;
  • Photl.

Você também pode pagar por uma assinatura em um site de imagens. Dessa forma, você terá uma série de boas imagens e de alta qualidade sempre à disposição. Vale muito a pena se a sua empresa cria conteúdo com frequência, por isso o iStock é uma ótima opção. Outro caminho é tirar as suas próprias fotos contratando um profissional freelancer ou adquirindo uma câmera de qualidade e aprendendo a melhor técnica.

E, se você não quer pagar por um banco de imagens, pode contratar uma agência de marketing. Ela entregará as imagens e o conteúdo todo pronto, já no blog da sua empresa.

Felicidade excessiva no trabalho

Você pode ficar extremamente feliz de férias com a família, no happy hour com os amigos ou até mesmo por uma promoção. Mas ninguém está feliz, ou melhor, extremamente feliz o tempo todo no local de trabalho. Esse é o tipo de imagem apelativa que você não deve ter nos seus conteúdos. Pode passar a ideia de que o que está no conteúdo não é algo tão verdadeiro, assim como a imagem nele.

Clichês

Pessoas de mãos dadas fechando um negócio, trabalhando em um computador na praia e outras do tipo são consideradas clichês. São aquelas imagens que vivem se repetindo nos conteúdos pela internet e, por isso, não devem ser utilizadas. Existem muitas outras excelentes opções, portanto, não caia nessa armadilha.

Não é difícil encontrar boas imagens para blog, especialmente quando você já sabe o que não usar. Utilize os bancos de imagens gratuitos que listamos aqui ou assine um que seja compatível com as necessidades do seu negócio.

Quer receber mais dicas que vão ajudar no seu dia a dia? Então, assine a newsletter!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>