(Tempo de leitura: 3 minutos)

Com o advento da internet e as novas tecnologias, o relacionamento com o cliente tem mudado consideravelmente. Se antes se mantinha certa distância na relação entre a marca e o consumidor, hoje a busca é pela aproximação.

E isso não é à toa! Afinal, construir uma boa relação com o consumidor ajuda na fidelização, a obter mais credibilidade no mercado, além, é claro, de ser uma obrigação das empresas. Nesse sentido, a seguir abordaremos alguns aspectos que devem ser considerados para conquistar a satisfação do seu cliente. Continue a leitura! 

Valorize o feedback dos clientes 

Um dos indicadores de qualidade mais realista é o feedback dos clientes. Por isso, esteja atento a todas as dicas, sugestões, elogios e principalmente às críticas. Afinal, são elas que lhe ajudarão a visualizar o que precisa ser melhorado para atingir as expectativas do consumidor.

Esse feedback pode ser conseguido no dia a dia, de maneira natural. Mas também é importante investir em pesquisas para saber de forma mais profunda a opinião dos clientes a respeito do atendimento e produtos. 

Resolva os problemas rapidamente 

Quem nunca ficou horas no telefone, passando por diversos atendentes para, no fim, não ter o seu problema resolvido? 

É preciso entender que as falhas são parte natural de todo empreendimento. O que não pode acontecer é a falta de zelo com o cliente nesse momento, — muito comum nas empresas atualmente. 

Para que o processo de resolução de problemas seja rápido e eficiente, é preciso ter uma equipe treinada para atendê-los. Além disso, é essencial dispor de canais de atendimento que realmente funcionem. Hoje existem muitas opções para se comunicar com o cliente, como: e-mail, telefone, redes sociais e até mesmo o WhatsApp. 

Tenha empatia 

Uma atitude simples, e que faz toda a diferença na hora de se relacionar com os clientes, é a empatia. Em qualquer fase da compra, o profissional que está fazendo o atendimento deve sempre observar as reais necessidades do consumidor, buscando tratá-lo como ele próprio gostaria de ser recebido. 

Foque em suas necessidades e jamais o pressione a comprar algum produto. Acredite: os consumidores odeiam esse tipo de atitude, e mesmo que levem o item para a casa, as chances de voltar a fazer negócio com a empresa são praticamente nulas. 

Trabalhe com os canais de comunicação corretos 

Falamos a pouco sobre a possibilidade de dispor de diversos canais de comunicação, não é mesmo? No entanto, é preciso ter cuidado com essa diversidade. Muitas empresas permitem o contato por meio de várias ferramentas e, por causa disso, não consegue atender de forma eficiente em nenhuma delas. 

Ainda, há aquelas que só utilizam canais que o público não gosta, irritando o consumidor quando ele necessita de atendimento. 

Em vista disso, é essencial conhecer muito bem seus clientes e potenciais clientes para avaliar quais canais são os seus preferidos, e que também podem ser eficientes de acordo com o seu tipo de negócio. Os mais jovens, por exemplo, adoram ser atendidos pelos aplicativos de mensagens instantâneas; já os idosos podem priorizar o bom e “velho” telefone. 

Além disso, é preciso entender também como esses canais podem ajudar a sua marca a se comunicar com o público. Os blogs e redes sociais, por exemplo, são excelentes opções para iniciar e manter o relacionamento por meio da produção de conteúdos ricos e úteis, ajudando o usuário em suas necessidades e anseios. 

O bom relacionamento com o cliente é uma das estratégias mais importantes para fidelizá-los e conquistar credibilidade no mercado. Por isso, é importante ouvi-lo e tratá-lo com empatia, disponibilizando os canais de comunicação corretos, além de ter uma equipe treinada para que o atendimento seja rápido e eficiente. De forma resumida: o foco do seu negócio deve ser o consumidor, sempre! 

Quer receber mais conteúdos relacionados ao tema do post de hoje? Então siga nossas redes sociais para acompanhar todas as atualizações do blog. Estamos no: FacebookInstagram e Linkedin.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>