Tempo de leitura: 3 minutos

As estratégias de marketing digital deixaram de ser uma opção, passando a ser uma prática obrigatória para as empresas que querem divulgar seus produtos e serviços. Os números comprovam essa tendência: até 2021, o investimento em mídias digitais deve crescer cerca de 12% ao ano.

Contudo, é preciso estar sempre atento às mudanças e novidades, já que é um mercado que está em constante transformação. Mas há algumas estratégias, que apesar de serem aprimoradas de tempos em tempos, estão desde o início trazendo bons resultados, quando o assunto é captação de clientes. Quer saber quais são elas? Então, continue a leitura!

1. Conheça seu público

O primeiro passo de uma estratégia de marketing digital é conhecer bem o público. Uma técnica que tem sido muito utilizada para isso é a criação de persona — personagem fictício do seu cliente ideal.

Não estamos falando de público-alvo! Na verdade, a persona envolve um estudo mais profundo dos seus potenciais clientes. Características básicas, como idade, sexo, localidade etc. são consideradas, mas também são estudadas informações mais específicas: preferências, angústias, problemas, necessidades e, até mesmo, quem tem interferência no processo de compra.

Assim, com esses dados mais aprofundados, é possível direcionar melhor as ações e produzir conteúdos mais ricos e relevantes para o seu público.

2. Invista em SEO

Você sabia que 73% dos usuários recorrem à internet para realizar pesquisas, antes de fazer uma compra? Isso quer dizer que estar bem ranqueado nos mecanismos de busca, como o Google, no momento que o consumidor procura por algum produto ou serviço, é vantajoso perante a concorrência.

Mas como ficar entre as primeiras colocações? Simples! Investindo em SEO, isto é, aquelas técnicas de otimização das páginas para que seu site apareça no topo dos resultados, quando um usuário buscar por um termo (palavra-chave) que tem relação com o seu negócio.

Para isso, o Google tem uma série de aspectos — chamados de algoritmos — para definir o ranking. Alguns deles são: tempo de carregamento da página, relevância do conteúdo, experiência do usuário, entre muitos outros.

3. Utilize o e-mail marketing

O e-mail marketing é uma das mais antigas estratégias de marketing digital e, por muito tempo, ficou com má fama por conta dos famosos spams. Apesar disso, é uma ferramenta que traz muitos resultados! Para se ter uma ideia, um e-mail pode ser 40 vezes mais efetivo para a aquisição de novos clientes do que as redes sociais.

Além disso, o e-mail marketing é utilizado para diferentes objetivos. Você pode, por exemplo, criar uma newsletter quinzenal com informações e conteúdos interessantes para sua lista de contatos. Também pode enviar cupons de desconto para novos clientes ou mesmo usar a ferramenta como um meio de manter a comunicação com clientes antigos ou em potencial para engajá-los com a sua marca.

4. Use as redes sociais

As redes sociais também são ótimos canais de comunicação com o público, principalmente porque dispõem de uma grande audiência — somente o Facebook conta com mais de 125 milhões de usuários brasileiros. Ou seja: boa parte de seus potenciais clientes também estão conectados a elas.

No entanto, é preciso avaliar quais as redes têm mais relação com o seu público. O Linkedin, por exemplo, atende a um perfil mais formal e profissional. Já o Facebook pode ser utilizado de forma mais descontraída e informal. Isso não quer dizer que você não possa usar mais de uma rede social, mas é preciso entender onde está a sua audiência para não perder tempo com estratégias de marketing digital em lugares onde seu público não está.

Além disso, não se esqueça de levar conteúdos que realmente agreguem valor aos usuários. Nada de ficar o tempo todo fazendo propagandas explícitas dos seus produtos e serviços. 

Por fim, vale ressaltar que todas as estratégias de marketing digital devem ser monitoradas constantemente para que, assim, seja possível analisar quais ações têm trazido resultados e quais delas precisam ser aprimoradas, de acordo com as preferências do público.

Falamos, no início, que as mudanças acontecem a todo o momento, certo? Pensando nisso, neste post, mostramos como sua empresa deve se preparar para os impactos da transformação digital. Não deixe de conferir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>